Logotipo librería Marcial Pons
Digitalizaçao e Direito

Digitalizaçao e Direito

  • ISBN: 9786586696110
  • Editorial: Marcial Pons, Ediciones do Brasil
  • Lugar de la edición: Saõ Paulo. Brasil
  • Colección: Direito penal y criminologia
  • Encuadernación: Rústica
  • Medidas: 23 cm
  • Nº Pág.: 180
  • Idiomas: Portugués

Papel: Rústica
18,00 € 17,10 €
Stock en librería. Envío en 24/48 horas

Resumen

Digitalização e direito é mais uma obra organizada por Orlandino Gleizer a partir de trabalhos de Eric Hilgendorf, que é referência internacional quando o assunto são as consequências do recente fenômeno da digitalização para o direito, e seus textos, apresentados nesta coletânea, abordam inúmeros aspectos dessa relação.
A ideia reitora da organização deste livro foi a de apresentar, a partir de alguns de seus textos, uma visão abrangente dos problemas jurídicos da digitalização e, em alguns pontos concretos (como internet, veículos autônomos, sistemas de autoaprendizagem e inteligência artificial, regulação da internet, realidade virtual e furto de identidade), suas propostas de solução. Em razão do caráter universal desses problemas, que surgem de peculiaridades próprias das novas tecnologias oferecidas em todo o mercado mundial, a discussão travada em âmbito internacional tem total pertinência para a solução de problemas com os quais se depararão, inevitavelmente, juristas de todos os países.
Daí que a presente coletânea surja, no cenário lusofônico, como uma oportuna contribuição de Eric Hilgendorf e seu assistente científico Orlandino Gleizer para os debates sobre os efeitos da profunda transformação social e jurídica que o mundo assiste com o incontível avanço das tecnologias digitais.

Abreviaturas e siglas
Introdução
A. Digitalização e direito (penal): apelo por uma expansão de perspectivas
B. Sistemas autônomos, inteligência artificial e robótica: uma orientação a partir da perspectiva jurídico-penal
C. Condução automatizada enquanto desafio para a ética e o direito
D. Dilemas relativos à condução automatizada: uma contribuição ao problema da proibição de cálculo de vidas na era da digitalização
E. Difusão de responsabilidade e sistemas de autoaprendizagem na Indústria 4.0: um esboço do problema a partir da perspectiva jurídico-penal
F. A regulação jurídico-penal da internet como tarefa de um moderno Direito da Tecnologia
G. Digitalização, virtualização e direito
H. O problema do furto de identidade – fenótipos, desenvolvimentos internacionais e necessidade de atuação legislativa

Orlandino Gleizer, organizador e tradutor.

Resumen

Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y facilitar la navegación. Si continúa navegando consideramos que acepta su uso.

aceptar más información